Campeonato Interno de Goalball

Apresentação

O Goalball é um esporte criado em 1946 com o objetivo de reabilitar veteranos da Segunda Guerra Mundial que perderam a visão. Tornou-se paraolímpico em 1980, agregando exclusivamente deficientes visuais. No Brasil, a modalidade foi implementada em 1985, tendo seu primeiro campeonato nacional realizado em 1987.

A quadra deste esporte possui as mesmas dimensões da quadra de vôlei (9m de largura por 18m de comprimento) e as partidas duram 20 minutos, divididos em dois tempos. Cada equipe conta com três jogadores titulares e três reservas. De cada lado da quadra, há um gol de nove metros de largura e 1,2 de altura. Os atletas são, ao mesmo tempo, arremessadores e defensores. O arremesso deve ser rasteiro e o objetivo é balançar a rede adversária.

A bola possui um guizo em seu interior que emite sons  para que os jogadores saibam sua direção. O Goalball é um esporte baseado nas percepções tátil e auditiva, por isso não pode haver barulho no ginásio durante a partida, exceto no momento entre o gol e o reinício do jogo. 

Atualmente, o Goalball é praticado em 112 países nos cinco continentes. No Brasil, a modalidade é administrada pela Confederação Brasileira de Deportos para Cegos (CBDC)

A disciplina EF 631 – Esportes Adaptados, de responsabilidade do Prof. Dr. José Júlio Gavião de Almeida, com auxílio da PED Jacqueline Martins Patatas e do PAD Henrique, apresentou aos alunos durante todo o semestre as modalidades paraolímpicas e agora, como encerramento, promove os Campeonatos Internos de Goalball.

Os times participantes são compostos por alunos da disciplina, os quais farão as partidas vendados. Há duas equipes organizadoras (turmas diurno e noturno) e cada uma delas efetuou suas adaptações. 

Fique à vontade para prestigiar o evento!