10 Regras para não ter Prejuízo ao Utilizar Serviços On-line

  1. Atualizar constantemente o sistema operacional com as atualizações de segurança e os softwares de proteção como Antivírus. Eles podem ser de diversos fabricantes e a atualização é normalmente feita de forma gratuita. É o primeiro passo ara uma proteção eficaz do seu micro - e dos seus dados pessoais.
  2. Dar preferência a sites de lojas reconhecidas. Atualmente 90% das comprar registradas na Internet brasileira são feitas em lojas de marcas tradicionais e com um índice muito perto de do zero em termos de fraudes e problemas. Os outros 10% são feitas em cerca de 5 mil pequenas lojas.
  3. Verificar se a loja tem central de atendimento. No caso de uma loja desconhecida, o fato dela ter uma central de atendimento revela uma preocupação em atender bem ao cliente, o que soma pontos a favor da concretização da compra. Mas entre em contato antes de fechar o negócio, para ter certeza que a central existe e que as condições de venda anunciadas serão integralmente cumpridas.
  4. Verificar a forma de pagamento. Lojas que aceitam pagamentos com cartões de crédito devem ser preferidas, já que as bandeiras e os emissores de cartões fazem uma avaliação criteriosa da empresa antes de permitir que ela ofereça esta opção.
  5. Desconfiar de condições muito favoráveis.
  6. Consultar a política de devolução e de troca, que deve estar claramente exposta na home.
  7. Preferir lojas que apresentem a figurinha do cadeado, o que indica um ambiente seguro contra invasões.
  8. Atentar para a classificação do vendedor em sites de leilões. Esses sites têm muita dificuldade em controlar a qualidade dos produtos vendidos porque essa venda é feita diretamente por uma pessoa física. O sistema de classificação adotado por alguns desses sites, contudo, embora ainda seja um processo em evolução, já serve como um indicativo.
  9. Nunca clicar em links de sites enviados por e-mails de desconhecidos. Sugerir este tipo de atitude é uma estratégia utilizada por fraudadores que querem na verdade instalar programas espiões em sua máquina e roubar os dados para futuros golpes.
  10. Verificar no browser se o endereço do site corresponde àquele em que se está navegando. Outra prática dos criminosos virtuais é criar sites falsos parecidos com o de marcas famosas para enganar os internautas. Se o endereço que estiver no browser for diferente do que o nome do site utilizado, desconfie.